O que é e como se prevenir do golpe da maquininha

Saiba quais são os cuidados que você pode tomar para não cair nessa fraude.

O golpe da maquininha é uma fraude que pode acontecer no momento de passar o cartão no aparelho oferecido pela pessoa que faz a entrega do seu pedido no iFood.

O que acontece é que, depois de passar o cartão na maquininha, a pessoa entregadora diz, por exemplo, que a máquina está sem sinal e passa diversas vezes o cartão do cliente, com valores superiores ao do pedido.

Em alguns casos, essa fraude ocorre porque o visor da máquina pode ter sido adulterado. Um exemplo: o fraudador lança na maquininha o valor de R$3.035, mas o valor que aparece no visor é de R$35.

Como evitar o golpe da maquininha

Uma das recomendações para não se expor ao risco de cair no golpe da maquininha é fazer o pagamento online (como pagar com cartão por meio do aplicativo). É importante lembrar que, neste caso, o iFood não cobra nenhum valor adicional no momento da entrega.

Quem escolhe o pagamento com cartão no momento da entrega pode tomar alguns cuidados para não cair no golpe da maquininha.

O principal deles é sempre checar o valor no visor da maquininha, e não no aplicativo do celular da pessoa entregadora. Se a pessoa que está fazendo a entrega pedir para passar o cartão de novo, verifique qual foi o motivo do erro na maquininha. Se a pessoa entregadora se recusar a mostrar, não passe uma segunda vez — em vez disso, procure resolver a questão via chat no app do iFood.

Além disso, se a pessoa entregadora disser que está com problemas de sinal e pedir para trocar o aparelho, não efetue o pagamento.

Conheça as melhores práticas para um pagamento eficiente na maquininha.

Existe outro tipo de golpe da maquininha?

Sim. Outro tipo de golpe da maquininha, mais antigo, pode acontecer assim: o golpista entra em contato com o cliente pelo chat ou por telefone (por meio da URA – ou tecnologia de atendimento automático de clientes) e diz que houve um problema no pedido (por exemplo, a pessoa entregadora sofreu um acidente ou teve problemas com a moto).

Nessa conversa, o golpista afirma, por exemplo, que será preciso acionar outra pessoa para fazer o delivery, e por isso o cliente deve pagar uma taxa extra no ato da entrega. O problema é que, ao passar o cartão na maquininha, ela pode estar adulterada e o valor cobrado é muito superior ao informado pelo suposto entregador.

Por isso, se você receber uma mensagem no chat ou por telefone dizendo que será preciso pagar uma taxa extra para receber o pedido, cancele o mesmo e informe a tentativa de golpe via chat no aplicativo.

3 dicas para se precaver contra o golpe da maquininha

  1. Pague no app

O pagamento online evita o uso da maquininha, eliminando o risco de fraude.

  1. Cheque o valor

Confira sempre o valor no visor da maquininha e acompanhe a mensagem que aparece sobre a transação.

  1. Cuidado com a segunda vez

Se a pessoa entregadora pedir para passar o cartão de novo, mas se recusar a mostrar a mensagem da maquininha, não passe uma segunda vez.

5 curtidas